Alemanha devolve 14 obras de arte roubadas a judeus durante o regime nazi - Plataforma Media

Alemanha devolve 14 obras de arte roubadas a judeus durante o regime nazi

Trabalhos estavam em acervo de colecionador e foram entregues aos familiares dos antigos proprietários

O Ministério da Cultura da Alemanha anunciou que devolveu 14 obras de arte que haviam sido roubadas de judeus durante o período do nazismo. Os trabalhos foram entregues aos familiares dos antigos proprietários e estavam no acervo do colecionador germano-austríaco Cornelius Gurlitt, morto em 2014.

Entre as obras devolvidas está um desenho do poeta e pintor alemão Carl Spitzweg, intitulado “Das Klavierspiel”, algo como “tocando o piano”, que havia sido roubado pelos nazistas em 1939 e comprado no ano seguinte pelo pai de Gurlitt, figura próxima ao regime de Adolf Hitler.

O desenho pertencia a Henri Hinrichsen, um editor de partituras musicais judeu assassinado em Auschwitz em 1942, e foi enviado na terça-feira (12) à casa de leilões Christie’s, a pedido dos herdeiros.

Em 2012, durante uma operação, autoridades descobriram a coleção de mais de 1.500 obras escondidas durante décadas por Cornelius Gurlitt.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
Política

Alemanha vai impor a presença de mulheres na diretoria das grandes empresas

EconomiaMundo

Covid-19: "Crise histórica" vai continuar em 2021, afirma Angela Merkel

MundoSociedade

Alemanha fecha comércios não essenciais e escolas até 10 de janeiro

MundoSociedade

Merkel diz que é possível ter vacina anti-Covid antes do Natal

Assine nossa Newsletter