Polícia resgatou com meios aéreos 21 pessoas raptadas por terroristas de Cabo Delgado - Plataforma Media

Polícia resgatou com meios aéreos 21 pessoas raptadas por terroristas de Cabo Delgado

A polícia moçambicana anunciou hoje o resgate de 21 pessoas que tinham sido raptadas da Ilha de Matemo, por rebeldes que têm atacado a província de Cabo Delgado, norte de Moçambique

As Forças de Defesa e Segurança (FDS) acompanharam o resgate com recurso a meios aéreos e isolando os reféns dos terroristas, disse à comunicação social o comandante-geral da Polícia da República de Moçambique, Bernardino Rafael. 

Segundo as autoridades, são 15 mulheres e seis crianças que tinham sido raptadas durante um ataque dos insurgentes à Ilha de Matemo, no dia 06, e transportadas em embarcações dos insurgentes para outra região da província. 

“Eles vão regressar para a sua comunidade em Matemo, que neste momento está livre” de qualquer ameaça terrorista, frisou o comandante-geral. 

Sem avançar detalhes, na segunda-feira o comandante da polícia moçambicana disse que as FDS conseguiram frustrar quatro tentativas de ocupação, pelos grupos de insurgentes, da Ilha de Matemo. 

“Viemos dizer muito obrigado pela resistência dos residentes. Continuem abraçados com as vossas FDS na defesa dessa ilha”, declarou, na altura, Bernardino Rafael. 

A violência armada em Cabo Delgado, onde se desenvolve o maior investimento multinacional privado de África, para a exploração de gás natural, começou há três anos e está a provocar uma crise humanitária com mais de duas mil mortes e 560 mil deslocados, sem habitação, nem alimentos, concentrando-se sobretudo na capital provincial, Pemba. 

Algumas das incursões passaram a ser reivindicadas pelo grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico desde 2019.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
MoçambiquePolítica

Nyusi está na Tanzânia para discutir violência armada em Cabo Delgado

MoçambiquePolítica

Cabo Delgado: Intervenção multilateral estrangeira é crucial para acabar com a violência

MoçambiqueSociedade

Cabo Delgado: Marinha de Guerra reforçou o porto de Mocímboa da Praia

MoçambiqueMundo

Cabo Delgado: Augusto Santos Silva diz que missão da UE acontecerá "ainda este mês"

Assine nossa Newsletter